HOME » NOTÍCIAS « VOLTAR
24/11/2020

Lorival Santos | Comanda com experiência e vontade

A diretoria do ASA se reuniu nesta noite de terça-feira (24) e contratou o treinador paulista Lorival Santos para o comando do clube na temporada de 2021. 


 


O GIGANTE irá disputar 3 competições: Copa Alagoas, Campeonato Alagoano e o Brasileiro da


série D.


 


A escolha pelo treinador paulista de 58 anos, se deu devido a experiência de ter


dirigido equipes nos campeonatos brasileiros das séries B, C e D como


também grandes equipes do nordeste. Na Paraíba dirigiu o Treze, em


Pernambuco dirigiu o Central, e em Alagoas dirigiu o CSA e também


o ASA de Arapiraca seu último clube, onde após 45 dias de trabalho o clube suspendeu todos os contratos, (jogadores e comissão técnica) por causa da paralisação (COVID-19). Na ocasião o treinador não estreou no campeonato alagoano, Lorival também já dirigiu o


Coruripe onde foi vice campeão estadual em 2015, o Murici, o Corinthians Alagoano e o CSE.


 


Com cursos de educação física, treinamento desportivo e fisiologia do esforço e a licença A da CBF (CT 2089), Lorival Santos também possui dois títulos internacionais, no Iraque em 2014 dirigindo o Al Shorta Sports Club onde se sagrou CampeãoNacional e no  México em 2000 dirigindo o S. C. Corinthians Paulista/SP (Sub23); o treinador também possui o título de Campeão Paranaense


do Interior dirigindo a ADAP/PR em 2004 e Vice Campeão Paulista dirigindo o Clube Atlético Juventus/SP (Sub17) em 1994.


 


Indicado duas vezes ao prêmio de melhor treinador no campeonato alagoano e responsável direto pela montagem das equipes: Esporte Clube Taubaté e o Grêmio Recreativo Barueri, ambas equipes


Campeãs Paulista em 2003 e 2005 respectivamente.


 


O técnico define seu trabalho assim: “a partir dos jogadores que possuo e tendo como diretrizes as capacidades/habilidades deles eu


contemplo a potencialização de uma ideia e com ela busco a melhora contínua dos jogadores e consequentemente da equipe, mas devemos sempre nortear o ganhar ou o ganhar logo mais, a consequência disso


será um bom rendimento’’.


 


O técnico também enfatiza que “conhecimento e experiência são


importantes, mas, se você não possuir o vestiário, o conhecimento e a experiência não valerão de nada durante os jogos, tem que se ter o vestiário nas mãos, ou seja, a gestão para a operacionalização de suas ideias, você tem que vender uma ideia e esta ideia deverá ser comprada


pelos jogadores de sua equipe e também pelo seu grupo de trabalho, ambos têm que efetivar esta compra, se não, nada de bom acontece”.


 


Muito contente, o treinador agradece a confiança de toda diretoria executiva do ASA depositada no seu trabalho.

Facebook Twitter Google Plus Todos os direitos reservados © 2021