HOME » NOTÍCIAS « VOLTAR
23/08/2019

Transparência | Em reunião do Conselho, ASA apresenta dívida de R$ 270 mil e 101 ações trabalhistas do clube


O presidente do Conselho Deliberativo do ASA, Ivens Barbosa, concedeu a reunião da noite desta quinta-feira (22), na OAB/Arapiraca, para que o presidente executivo do clube, Moisés Machado, apresentasse um balancete das contas do alvinegro.


De acordo com a prestação de contas, o ASA tem uma dívida de R$ 270.409,03 apresentada em julho deste ano e 101 ações trabalhistas. Destas, 86 ações tramitam no Tribunal Regional do Trabalho de Alagoas, 15 ações em outros estados e cinco ações na justiça comum.



“Agradecemos ao presidente do Conselho que nos concedeu esse espaço para apresentarmos os números detalhados de dezembro de 2018 a julho de 2019 e mostrar que estamos trabalhando unidos com os conselheiros e pessoas que estão empenhadas em nos ajudar para podemos cumprir com nossas obrigações e deixar as contas do ASA em dia”, afirmou Moisés Machado.


O presidente executivo do ASA afirmou durante a prestação de contas de que os bloqueios dos valores repassados pela Prefeitura de Arapiraca, principal patrocinadora do clube arapiraquense, foram bloqueados pela Justiça, devido às causas trabalhistas e por isso o planejamento financeiro foi prejudicado.


“Esse bloqueio desnorteou os rumos financeiros, mas temos receitas para receber e poder equilibrar as contas. Essa prestação de contas servirá para mostrar como poderemos nos planejar este ano para entrarmos em 2020 com o time com as contas pagas com o apoio de todos os parceiros e, principalmente, dos sócio-torcedores”, destacou Moisés Machado.


Balancete financeiro


O vice-presidente Financeiro do ASA, Cledison Santos, apresentou as contas detalhadas do clube entre despesas e receitas de dezembro de 2018 a julho de 2019.



Ele mostrou que os recursos do ASA oriundos do programa Sócio Torcedor tinha um saldo de R$ 5.608,00 em dezembro de 2018, quando começou a convocação dos torcedores para a temporada 2019 e em janeiro o clube já havia ultrapassado esse valor para R$ 26.329,00.


No entanto, nos meses de fevereiro a abril houve uma redução no repasse de pouco mais de R$ 11 mil com a eliminação do time no Campeonato Alagoano. Em seguida, houve uma recuperação financeira de R$ 19.758,00 na estreia do time na Série D do Campeonato Brasileiro.


Com esses resultados, a diretoria do clube acredita que o programa Sócio Torcedor poderá manter as despesas operacionais do clube com a contribuição dos sócios.


“Este programa é de muita importância para o clube porque consegue manter as despesas operacionais custeadas pelos próprios sócios”, disse Cledison Santos.



Já o vice-presidente do Conselho e membro do Departamento Jurídico do clube, Higor Rafaell Godoi, apresentou as 101 ações trabalhistas e apontou alternativas para o ASA conseguir saná-las por meio de Ato Trabalhista.


“Com essa e outras medidas que o Jurídico do ASA está trabalhando será possível o clube conseguir pagar as dívidas trabalhistas”, afirmou Higor Godoi.


Marketing e novas ações


O vice-presidente de Marketing, Cláudio Gouveia apresentou duas ações as quais o ASA terceirizava como os ingressos e o programa Sócio Torcedor, trazendo ganhos expressivos para o clube, que passou a fazer o gerenciamento próprio dessas ações.



“Só com os ingressos tivemos uma redução de custo de mais de R$ 11 mil e conseguimos reabrir a loja do ASA, que hoje tem mais de 30 produtos à venda para os sócios e torcedores em geral”, destacou Cláudio Gouveia.


A reunião terminou com Moisés Machado destacando a importância de o clube investir na base, para a formação de novos e talentosos atletas.


O encontro contou com a participação de dirigentes, conselheiros, ex-presidentes do clube, sócio-torcedores e imprensa esportiva.


O presidente do Conselho, Ivens Barbosa, já agendou a próxima reunião do Conselho para o dia 24 de outubro e pediu a contribuição de todos para contribuir e fortalecer o ASA de Arapiraca.



“Precisamos todos juntos ajudar o ASA em todos os momentos do time para que possamos também desfrutar das alegrias que o Gigante nos dá”, concluiu Ivens Barbosa.

Facebook Twitter Google Plus Todos os direitos reservados © 2019