HOME » NOTÍCIAS « VOLTAR
01/07/2019

Modernização | Diretoria do ASA e Rogério acompanham início da reforma do Fumeirão


Uma manhã de segunda-feira histórica para a Agremiação Sportiva Arapiraquense (ASA. Neste 7 de janeiro, a diretoria executiva e o prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo, entre tantos convidados, participaram da assinatura da Ordem de Serviço da reforma do Estádio Coroacy da Mata Fonseca, o Fumeirão, orçada em R$ 3,8 milhões. O início das obras aconteceu após a cerimônia.


O valor total da obra é de R$ 3.807.721,94, sendo R$ 3.412.500,00 recursos do Ministério do Esporte, emenda do deputado federal Marx Beltrão, e R$ 395.221,94 recursos próprios da Prefeitura de Arapiraca, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, responsável pela obra que será feita pela empresa vencedora da licitação, construtora Cone Engenharia.


Com a presença do deputado federal Marx Beltrão, do presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, desembargador Tutmés Airan, de secretários e vereadores municipais, da diretoria executiva e dos conselheiros do ASA, o prefeito Rogério Teófilo assinou a documentação da reforma e de outras obras relevantes para Arapiraca.


“Tenho uma imensa satisfação em assinar a ordem de serviço do Estádio Municipal do ASA, time que é um dos maiores símbolos da nossa cidade de Arapiraca. Com o apoio e o esforço do deputado Marx Beltrão, do presidente do TJ, que é arapiraquense e também do presidente Moisés Machado, para proporcionarmos mais conforto e segurança a todos que frequentam este estádio”, afirmou Rogério Teófilo.


Na ocasião, o prefeito reafirmou o repasse de R$ 400 mil ao ASA e entregou ao presidente Moisés Machado um cheque de R$ 150 mil. Como já havia repassado em dezembro R$ 150 mil, restam agora mais R$ 100 mil do valor total.


O deputado Marx Beltrão ressaltou que estará sempre trabalhando por Arapiraca e a contribuição ao ASA é dada com muita felicidade. Ele frisou que a empresa vencedora da licitação possa contratar trabalhadores do município para gerar emprego e renda aos próprios arapiraquenses.


“Hoje entro e saiu daqui sorrindo com esta minha participação ao ASA, mas já saí deste estádio triste ao ver o Coruripe, time da minha terra natal ser derrotado pelo ASA. E eu este time que está na Série D do Brasileirão volte a ser destaque e figure onde já atuou que foi na Série B”, destacou Marx Beltrão.


Em seu pronunciamento, o presidente do ASA, Moisés Machado agradeceu o apoio do deputado e do prefeito e disse que o torcedor também poderá contribuir com o time, através do Sócio Torcedor, e manter o clube funcionando.


“Estamos com uma diretoria unida para fortalecer o clube e queremos essa união do torcedor para que possamos, também, manter o time, e já passou a minuta para o prefeito do projeto Sócio Torcedor, para que os funcionários da prefeitura possam contribuir com o ASA e o valor ser descontado na folha salarial”, reforçou Moisés Machado recebendo o apoio do prefeito.


Machado também agradeceu ao presidente do TJ, Tutmés Airan, a respeito das ações jurídicas, para que o time equilibre seu orçamento e possa crescer ainda mais. O presidente do TJ agradeceu o reconhecimento e desejou que o ASA retorne à Série B, onde já atual.


O presidente da Câmara Municipal, vereador Léo Saturnino, relembrou o título do Gigante de Alagoas de 2000, e agradeceu o empenho de todos para que a reforma do Fumeirão acontecesse e contribuísse para dar mais conforto aos torcedores alvinegros.



Após os pronunciamentos, autoridades e presentes visitaram as instalações do Estádio Coroacy da Mata Fonseca e viram o início dos trabalhos pela escavadeira hidráulica, no local onde ficava as antigas arquibancadas metálicas.


Nova estrutura


O Colosso Fumeirão terá as arquibancadas Norte, Sul e Leste integradas. No setor Oeste, as tradicionais “charmosinhas” serão removidas e darão lugar a camarotes climatizados, nos quais os torcedores estarão lado a lado com o clube. Os túneis subterrâneos serão extintos e os jogadores terão acesso direto do vestiário ao gramado.


O projeto de ampliação e modernização prevê a construção de 14 camarotes com acesso a banheiros, lanchonete e setor administrativo. Serão construídas também sete salas, incluindo o Museu do ASA, dois depósitos e duas baterias de banheiros.


No setor Leste, onde havia as antigas arquibancadas metálicas serão construídas novas arquibancadas de alvenaria, proporcionando mais segurança à torcida alvinegra. O novo Fumeirão terá capacidade estimada para 12,5 mil pessoas.


Com a reforma e a ampliação, o ASA permanecerá mandando os seus jogos no Fumeirão e a torcida continuará incentivando o time dentro de casa nas competições em que disputar.

Facebook Twitter Google Plus Todos os direitos reservados © 2019